Wednesday, May 29, 2013

O casamento e as "Damas de Negro"


by Pedro Tolentino



Dama de Negro desdobra cauda do vestido da
noiva, elas estão em toda a parte!
Escrevo nesse momento de um avião com destino a Porto Seguro.  De lá sigo para Trancoso, onde um dos meus grandes amigos, daqueles que não se tem muitos, vai casar na famosa igrejinha do quadrado.

Mas vamos parando por aqui pois a ideia deste texto não é fazer inveja a ninguém, mas sim falar de um tipo de profissional que vem ganhando cada vez mais espaço no mundo dos eventos (casamentos principalmente), o chamado pessoal do “cerimonial” ou, como prefiro apelidá-las (no feminino já que as mulheres são maioria esmagadora), as “damas de negro”.

A ascensão das DDN foi meteórica, não faz muito tempo que elas simplesmente não existiam. De alguma forma os noivos, seus pais e os padrinhos se organizavam fora da igreja e entravam pelo corredor central conforme os pares pré-estabelecidos e seguiam até aqueles bancos da frente, os quais eram reservados para eles.